Receitas, culinária e gastronomia, por Luciana Mastrorosa

Guloseima


Feliz 2013!

Posted on janeiro 06, 2013 by Luciana Mastrorosa

2012 foi um ano intenso. Sei que não só para mim, mas para muitos. Trabalho, cansaço, stress, aquela coisa toda que pode tirar (e tira) nosso humor, mas também pode acrescentar mais vida e cor aos nossos dias.

Começo 2013 com um pão e os melhores votos para que, neste ano, a gente tenha coragem de fazer o que é necessário, sem fraquejar. Que o amor, os amigos, a família, as pequenas alegrias sejam abundantes e cotidianas. Que não falte trabalho, e que ele seja sempre feliz, satisfatório, um trabalho que reflita nossos sonhos e desejos realizados.

Este pão rústico encontrei na internet – mais precisamente aqui. É demorado, mas nem tanto. O que precisa é de paciência e uma certa dose de dedicação para que saia lindo e quente do forno, quase saltando da panela de ferro para a mesa.

É um pão que não necessita de sova: basta misturar os ingredientes certos – água, farinha, fermento, sal – e deixar que o milagre da multiplicação das leveduras aconteça. Depois de 12 horas, a massa estará boa para ser levada ao forno quente, 230 graus Celsius, dentro de uma panela resistente, de ferro, com tampa.

Com menos de uma hora de forno, pimba! Lá está o pão, pronto para esfriar e ser devorado com manteiga, azeite, ervas, um tico de sal, com toda a simplicidade que você puder imaginar.

Uma receita tão prosaica, rústica até, simboliza aquilo que desejo para o Ano Novo: que seja pleno de construção, menos pensamento e mais ação, mais vida acontecendo como deve ser: quase como num passe de mágica. Porque sem uma dose de magia, o cotidiano fica chato e sem graça.

Mas antes, um agradecimento a todos aqueles que fizeram de 2012 um ano mais doce. Obrigada por tudo, sempre!

Pode vir, 2013, estou preparada! :)

PÃO RÚSTICO, SEM SOVA

3 xícaras (chá) de farinha de trigo orgânica (ou específica para pão)
1 3/4 colher (chá) de sal (usei o rosa do Himalaia, mas pode ser qualquer um)
1/2 colher (chá) de fermento biológico seco
1 1/2 xícara (chá) de água

Para fazer o pão, é simples: comece misturando os ingredientes secos e, em seguida, adicione a água. Misture bem até obter uma massa mole: não precisa colocar mais farinha (talvez mais um tiquinho de água, se a massa ficar muito seca). Então, coloque a massa num recipiente grande e cubra com filme plástico. Deixe descansar por 12 a 18 horas. Após esse descanso, transfira a massa (mole, melequenta e cheia de bolhas) para uma superfície com bastante farinha. Forme uma bola e cubra com o mesmo filme plástico. Enquanto isso, aqueça o forno a 230 graus C e coloque dentro a panela de ferro, com tampa. Após esse período, coloque a bola de massa dentro da panela quente (cuidado, ela estará PELANDO de tão quente), tampe e leve ao forno por 30 minutos. Depois dessa meia hora assando, retire a tampa da panela e deixe assar por mais 15 minutos ou até que a crosta fique dourada.

Quando o seu pão estiver lindo, cheiroso e dourado, retire-o do forno, tire-o da panela quente e transfira-o para uma grade, para deixá-lo esfriar. Depois de frio, corte em fatias e coma com o que tiver à mão. Pode ser até puro!

3 to “Feliz 2013!”

  1. Vania disse:

    Oi Luciana, tudo bem? Gostaria de te convidar para um evento. Por favor, vc poderia me passar seu email?

  2. Oi, Vania
    Tudo bem? Pode enviar para lucianamastrorosa@gmail.com

    obrigada,
    abs
    Luciana

  3. Eliane disse:

    Olá Luciana, gostaria de saber se pode ser outro tipo de panela, ex. de pedra-sabão, de barro… só tenho essas, além das normais..rs…gostaria de fazer ainda hoje…obrigada.



Leave a Reply


  • Livraria

    Pingado e Pão na Chapa

    Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã é meu primeiro livro de culinária e gastronomia. Nele, além de comentar as curiosidades sobre a primeira refeição do dia, também dou receitas saborosas para incrementar o café da manhã. Quer comprar? Vai aqui.

  • Arquivo Guloseima



↑ Top